Nunca discuta com idiotas

Nunca discuta com um (a) idiota! Isso mesmo. Não perca seu precioso tempo com quem não merece tê-lo, e você tem bons motivos para isso.

O Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, ou simplesmente “Aurélio”, como popularmente é conhecido, atribui como significado para a palavra “idiota”, sendo como: diz-se de ou pessoa que carece de inteligência, de discernimento; tolo, ignorante, estúpido”. Sendo assim, acredito que não é necessário dizer muita coisa. No entanto, acrescentarei e ilustrarei algumas situações e instruções.

Em nosso dia a dia, estamos sujeitos a encontrar com diversas pessoas. Seja no trabalho, no caminho dele, no ônibus, no trânsito, no supermercado, vizinhos, enfim… São inúmeras as possibilidades de você cruzar o caminho de alguém. Entretanto, nem sempre esses “encontros” serão amigáveis, pois todos nós sabemos que a grande maioria das pessoas não compareceu as “aulas” de educação, de reciprocidade, e de respeito e amor ao próximo. Muito pelo contrário, foram e são os alunos do “fundão”.

Por isso, sabe aquela fechada que você recebeu no trânsito ou aquele incômodo farol alto? Deixa pra lá… Você não sabe quem está sentado no banco do motorista do outro carro. Segundo dados levantados pela equipe de jornalismo da Rede Globo de Televisão e exibidos em uma matéria no programa “Fantástico” da própria emissora, no Brasil em 2019, 39 pessoas foram brutalmente assassinadas por brigas no trânsito, sendo 23 delas por armas de fogo. Se levarmos em consideração que vivemos em um dos maiores países em termos de território, certamente esse número tenha sido exponencialmente maior, onde muitos casos sequer tenham entrado para as estatísticas.

Só para ilustrar um triste episódio recente, um casal e o seu filho foram assassinados a tiros após se envolverem em uma batida de trânsito em Porto Alegre. E infelizmente, eles não foram os únicos, pois casos dessa natureza são corriqueiros em nosso país.

Sabe aquele (a) sem educação que ouve música no celular sem o auxílio dos fones ou nas caixinhas de som, dentro do ônibus? Não dê ouvidos… Não arrisque sua vida por pessoas que muito das vezes não tem respeito e amor nem por si mesmo. Aproveitando ainda o exemplo do transporte coletivo, os ônibus, também existem aqueles seres que ao sentar do seu lado, abrem as pernas e os braços como se fossem rãs, e acabam invadindo a sua poltrona e espaço que é seu por direito. Não brigue! E sabe aquele vizinho ou parente que acha normal e que não incomoda fazer barulho pela manhã ou à noite? Não se rebaixe como esse tipo de gente, e jamais discuta ou vá conversar com pessoas com um pensamento tão medíocre e pequeno.

Outro caso de falta de amor ao próximo, de falta de respeito à humanidade, e total falta de compaixão ao ser humano, recentemente recebi em meu aplicativo de mensagens, um vídeo que mostra uma senhora conversando com o dono de um caminhão que estava estacionado na porta da garagem da casa dela, e já havia dias. O vídeo é curto, tem aproximadamente 32 segundos, mas mostra claramente à senhora conversando sozinha com esse sujeito, quando o mesmo vai até a direção de um carro, que também é de sua propriedade, enquanto a mulher vai atrás dele apenas dialogando, quando de repente esse “animal” abre a porta do carro, pega um revólver e efetua pelo menos quatro disparos contra ela. E pra piorar essa história trágica, a autora do vídeo foi à própria filha dela, que registrou de dentro da casa da família a própria mãe ser assassinada em plena luz do dia.

Eu poderia escrever esse texto pelo resto dos meus dias, e certamente não citaria todos os exemplos, ou melhor, os maus exemplos de desrespeito e falta de empatia que vivemos e que passamos ao longo da nossa vida. Sim, eu sei que na maioria das vezes, você está ou estará certo (a). No entanto, não é aconselhável que você tenha uma reação de reclamar, ou “tirar satisfação” com pessoas dessa laia. Pois ainda que você esteja certo (a), nós não sabemos (pelo menos na maioria das vezes) quem está do outro lado, ou do que essa pessoa é capaz de fazer. Pois quem age dessa forma, geralmente tem um grau de ignorância altíssimo, acredita que está certo (a) o tempo todo, lhe falta educação, e não abaixará a guarda pra você, mesmo você estando com a razão.

Não coloque sua vida em risco, e nem comprometa o seu bem estar e de sua família. É melhor você engolir um “sapo”, dois, três, UM MIL se for necessário. Pois é melhor viver com a barriga “cheia de sapos”, levar desaforo pra casa, do que descansar debaixo de sete palmos, e simplesmente virar estatística. Pois infelizmente o crime em nosso país compensa, e logo logo quem tirar a sua paz ou sua vida, estará livre novamente, e isso se for julgado (a) e preso (a). Mas fique tranquilo (a), e não pense que essas pessoas ficarão impunes. Lembre-se que a vida é uma exímia cobradora, e mais cedo ou mais tarde, tratará de cobrar essas atitudes medievais de pessoas que não deveriam estar vivendo em sociedade. A lei do retorno é infalível e a colheita é obrigatória. Sua vida vale muito mais do que situações como estas, e vale mais ainda, do que qualquer idiota que cruzar o seu caminho.

Por isso, siga aquela famosa frase dita por um dos pais da Psicologia, Sigmund Freud: “ Antes de ser diagnosticado com depressão ou baixa autoestima, certifique-se de que não está rodeado por idiotas”. Valorize sua vida, seus planos, seus sonhos, e sua família… Pois eles precisam de você. Viva e celebre os bons momentos. Um forte abraço!

Um Segredo Simples Para Um Resultado Extraordinário, Nunca mais você precisará…

Identifique 10 sinais de presença maligna em sua casa